0

O aplicativo americano que ajuda a fiscalizar o uso indevido das vagas de estacionamento para deficientes: Parking Mobility

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

descrição da foto: tela do aplicativo - botões para que a pessoa possa preencher com três fotos. a primeira com uma da traseira do veiculo. A segunda, do estacionamento, mostrando a violação e a terceira do parabrisa frontal para mostrar que o veículo não está autorizado para estar ali. Abaixo três fotos que servem como exemplo dessas situações. Fim da descrição.A ideia é genial e pode - por que, não? - ser adotada pelos novos prefeitos que assumiram seus mandatos esse ano, louquinhos para mostrar serviço. Como a minha cidade, por uma palhaçada eleitoral ainda não tem prefeito, vou ter que esperar para sugerir essa dica valiosa.

Quantas vezes vemos carros sem a identificação de deficiente ocupando as vagas de estacionamento de maneira indevida? O que a gente faz? Tira uma foto e posta o absurdo no Facebook, no Instagram e o caso termina ali. Mas esse aplicativo tem o mesmo princípio. A diferença é onde essas fotos vão parar e o que acontece com o motorista fanfarrão que ocupa a vaga sem ter o direito.


Nos Estados Unidos isso já acontece em algumas cidades: o champs estaciona em lugar inadequado (isso só vale para vagas de deficientes, ok?) e é flagrado por uma foto. Ou melhor: três:
  • Uma da traseira do carro, na qual mostra a marca, o modelo e a placa;
  • Outra que mostra o carro, o estacionamento e o local para deficientes;
  • E por último - mas não menos importante - uma foto do para-brisa dianteiro. Isso permite que se saiba se o veículo é ou não autorizado a estar ali.


 Ao invés desta ir para as redes sociais, vai direto para as autoridades que, de posse do documento - prova incontestável, se na foto, a placa estiver bem nítida e o endereço da infração correto - emite a multa. Essa é revertida para entidade de caridades a escolha da pessoa que fez o flagrante. 

No Brasil, poderíamos fazer algo semelhante uma vez que existem leis e poucas são cumpridas. Se bem orquestrado, as multas poderiam ser revertidas para fundos municipais, seja de conselhos ou de iniciativas que promovessem melhorias estruturais na cidade em favor da acessibilidade. Lógico que, para termos um auxílio de um aplicativo desses, teríamos que mexer em algumas leis, mas isso não é problema, já que o Brasil adora uma. 

Fica a dica como um ótimo projeto na área. Vale a pena baixar para conhecer, embora para nós ele não surta efeito nenhum.

Detalhes do aplicativo:

Nome: Parking Mobility
Tipo de deficiência: Não especificada
Função:  Denunciar infrações de trânsito quanto ao uso indevido da vaga destinada a deficientes.
Minha avaliação: de 1 a 5 - cinco
Sistema operacional: Android, iOS, Blackberry OS
Preço: Gratuito
Desenvolvedor:  COAL HARBOUR GROUP
Contato: support@parkingmobility.com
Link para download no Google Play